HACKERS – Destino de mensagens serão decididos na justiça

In Política On
- Updated

A investigação da Polícia Federal sobre o grupo liderado por Walter Delgatti Neto, suspeito de atividade hacker que reconheceu ter copiado conversas de procuradores da Lava Jato, deu origem a uma disputa jurídica que deverá se estender nos tribunais: qual o destino a ser dado às mensagens e quem poderá ter acesso a elas? De acordo com a coluna Poder, da Folha, deste domingo (28), a partir de agora, as mensagens copiadas por Delgatti de contas dos procuradores no Telegram, ficarão sob a guarda do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, onde tramita a Spoofing.

A dúvida levantada é “se” e “quando” elas poderão ser usadas por advogados dos réus da Lava Jato. Moro já afirmou que pretende destruir as conversas, sob o argumento de que “são imprestáveis”. A Ordem dos Advogados do Brasil se manifestou sobre essa declaração e ponderou que a sugestão de Moro “atenta contra a competência” do Supremo, que poderá “ser chamado a apreciar os fatos”. A decisão fica a cargo do juiz Vallisney.

Ainda segundo a Folha, na hipótese do juiz manter a integridade das provas, para que os advogados tenham direito a cópias integrais ou parciais dos textos, seria necessário realizar uma perícia criminal.

You may also read!

TEIXEIRA DE FREITAS – HOMENS PERSEGUEM E MATAM MÉDICA VETERINÁRIA

Uma médica-veterinária foi morta a tiros na cidade de Teixeira de Freitas, no Extremo-Sul da Bahia. Crislaine Boldrini Faé,

Read More...

RODOVIAS AMANHECERAM COM POUCO TRÂNSITO

Com aparente tranquilidade, as rodovias baianas amanheceram diferentes do número elevado de veículos que deixaram a capital baiana no

Read More...

SALVADOR AMANHECE COM AS RUAS VAZIAS NESSE SÁBADO

A capital baiana amanheceu com as ruas vazias nesse sábado, 25 de junho, um dia depois do São João.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu