Mauricio Trindade – “Se o valor da tarifa de ônibus subir, a culpa será exclusivamente da prefeitura”

In Política On
- Updated

O vereador Paulo Magalhães Junior (PV), líder do prefeito ACM Neto na Câmara Municipal de Salvador afirmou que não existiam vereadores “rebeldes” na base do prefeito ACM Neto (DEM), e até anunciou que os vereadores da oposição “preocupados” com a cidade de Salvador votariam com o prefeito, no projeto de Isenção de ISS, que beneficiaria os empresários de ônibus da cidade, e evitaria que o valor das passagens do coletivos fossem oneradas em R$ 0,12, passando dos atuais R$4,00 para R$4,12.

Mas a realidade é muito diferente do que projeta o líder do governo. Procuramos os vereadores da base do prefeito, considerados “rebeldes”;  Cesar Leite (PSDB) e Mauricio trindade (DEM). Não conseguimos falar com o vereador do PSDB, mas falamos com Mauricio trindade, que afirmou que o líder do governo, Paulo Magalhães está equivocado.

Segundo Trindade, esse projeto é muito complexo, e existem algumas questões que precisam ser melhor explicadas pelo executivo.  As empresas de ônibus já possuem uma divida milionária com o município, porque “nunca pagaram o ISS (imposto Sobre Serviço). O vereador perguntou, “quem vai pagar essa divida que já existe?. As empresas também não pagaram as taxas da divida reguladora do município. Quem vai pagar essa divida, questionou o vereador democrata.

Mauricio Trindade também lembrou que há cinco anos atrás as empresas quando as empresas estabeleceram o valor da tarifa, estava implícito no acordo que as dividas das empresas do município seriam pagas, e que a frota seria completamente renovada. “Isso não aconteceu. Ou seja, as empresários receberam o dinheiro, colocaram no bolso e nenhum dos compromissos com a cidade forma cumpridos. Está sobrando dinheiro no bolso do empresário”, lembrou Trindade.

Outro problema seríssimo apontado pelo vereador Mauricio Trindade, é a proposta de renovação da frota dos ônibus por parte dos empresários de renovar a frota com uma média de 150 ônibus por ano. A frota é de aproximadamente 3000 ônibus, ou seja, a empresas levariam aproximadamente 12 anos para renovar toda a frota. Lembrando que a idade média permitida por lei para o a circulação de um ônibus é de 10 anos.   “Por contrato, a frota tem que ser completamente renovada de cinco em cinco anos, eles estão propondo renovar  em 12 anos. Se eles não fizeram no passado, quem garante que vão fazer no futuro?” , questionou Trindade.

Para encerrar, o vereador falou sobre a “agonia” da prefeitura querer renovar a frota  sem consultar a Câmara de vereadores.

“Quem mandou comprar os novos ônibus sem consultar a Câmara antes? A prefeitura ou os empresários que arquem com isso . O povo da cidade não tem nada com isso. Se eles já contavam com a aprovação do projeto de Isenção de ISS antes de mandar o projeto para a CMS. Essa frota já tinha que estar rodando a cinco anos atrás. Então não é agora que o Executivo vai pressionar o Legislativo para aprovar essa lei, sem antes ser discutida. O prefeito está pressionando os vereadores de uma maneira desleal. Se essa frota já foi paga com o dinheiro de cinco anos atrás, os ônibus já deveriam estar rodando na cidade. Se a tarifa de ônibus subir , a culpa será exclusivamente da prefeitura”, concluiu o vereador.

Até o final dessa matéria, não conseguimos falar com o vereador Cesar Leite. Foto: Max Haack

 

 

You may also read!

“Já temos provas da participação de pessoas ligadas à Aspra que praticaram vandalismo”, afirma Maurício Barbosa

Todas as sedes da Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado (Aspra), na capital e

Read More...

MP determina inquérito contra grupo de Prisco que atacou ônibus e bancos

Por determinação do Ministério Público Estadual (MPE), a Corregedoria da Polícia Militar instaurou, na manhã desta terça-feira (15), um

Read More...

Diferença salarial entre pobres e ricos é recorde, aponta IBGE

O rendimento médio mensal do 1% mais rico da população brasileira atingiu, em 2018, o equivalente a 33,8 vezes

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu