Mudaram os caranguejos, mas o mangue continua o mesmo – Novo presidente do senado é investigado pelo STF

In Política On
- Updated

A derrota de Renan Calheiros (MDB-AL) causou uma comoção nas redes sociais neste final de semana. Os brasileiros usaram as redes sociais para comemorar a derrota do coronelismo e da corrupção no senado. Só que não, mesmo com toda essa comoção, e delírios de vitória, o senado não mudou. Como escreveu um velho amigo, “mudaram os caranguejos, mas o mangue continua o mesmo”.

O novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) é alvo de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF). As investigações apuram irregularidades em sua campanha eleitoral de 2014, quando foi eleito senador.

Os dois casos começaram a ser apurados na esfera eleitoral, no Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), onde foram arquivados. Mas a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao STF a abertura das investigações em 2016 e 2018.

Na Corte, as ações tramitam de forma conjunta e estão sob a relatoria da ministra Rosa Weber. Um dos casos está sob segredo de Justiça.

Em documentos que constam nos autos do outro dos inquéritos, a PGR cita entre as suspeitas a utilização de notas fiscais falsas emitidas pela L.L.S. Morais – ME para a prestação de contas do parlamentar eleito.

Nos processos, a defesa de Alcolumbre tem alegado inocência e afirmado que não houve falsificação de notas.

You may also read!

BRUNO REIS – Salvador planeja seis novas linhas de BRT até 2025

Além da ligação entre a Estação da Lapa e a região da rodoviária, passando pelas avenidas Vasco da Gama,

Read More...

ALEXANDRE ALELUIA – “Menos Paulo Freire, mais Snippers”

Uma publicação feita no Twitter pelo vereador Alexandre Aleluia, que pertence à base do prefeito ACM Neto (DEM), causou

Read More...

Rodrigo Maia e Alexandre Frota choram juntos no ato de filiação do PSDB

O deputado federal Alexandre Frota, que foi expulso do PSL, partido do presidente Bolsonaro, chora junto com o presidente

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu