A “República de Curitiba” no Ministério da Justiça

In Política On

O ex-juiz federal Sérgio Moro confirmou, nesta terça-feira, o nome do delegado Maurício Valeixo para a direção-geral da Polícia Federal, como antecipou a colunista do Estado Eliane Cantanhêde. Ele vai substituir o também delegado Rogério Galloro. Valeixo já foi diretor das áreas de Inteligência e de Combate ao Crime Organizado da instituição e atualmente é superintendente da PF no Paraná. Moro confirmou o nome em pronunciamento no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, onde estão instalados os gabinetes de transição do próximo governo.

O ex-juiz federal assumiu hoje o cargo de coordenador do Grupo Técnico de Justiça, Segurança e Combate à Corrupção do Gabinete de Transição Governamental. O futuro ministro da Justiça do governo Bolsonaro também anunciou que a delegada Érika Marena, conhecida pela atuação na Operação Lava Jato, vai comandar o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI) da pasta. O órgão é considerado estratégico para investigações internacionais na pasta. “Sempre disse que seria tolo se não aproveitasse os que trabalharam comigo na Lava Jato”, disse Moro em seu pronunciamento.

You may also read!

TRE-BA monta esquema especial para a biometria na Região Metropolitana de Salvador

Os município em fase de recadastramento biométrico obrigatório deverão adotar um esquema especial de atendimento a partir de amanhã

Read More...

Onze meses depois e ainda não reveleram quem mandou matar Marielle Franco e o seu motorista Anderson Gomes

As investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Francisco da Silva, Marielle Franco, e o motorista Anderson Pedro Gomes

Read More...

Operação da Polícia Civil realiza abordagens no Terminal de São Joaquim

Com o objetivo de inibir a circulação de drogas durante o Carnaval, a Polícia Civil desencadeou, nas primeiras horas

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu