Salvador recebe 250 novos Agentes de Educação

In Cidade On

Com o objetivo de promover a melhoria do desempenho escolar e a redução do índice de evasão na rede municipal de ensino, Salvador recebeu, na tarde desta segunda-feira (3), os 250 novos integrantes do programa Agentes da Educação. A cerimônia de apresentação foi realizada na segunda-feira (3), no auditório do Parque Social, no Itaigara.

Desenvolvido desde 2015 em parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Educação (Smed), e o Parque Social, o programa tem o papel de aproximar a comunidade, a família e a escola, contribuindo de forma efetiva para melhorar o aprendizado dos alunos. A iniciativa deverá contratar mais 150 estagiários nos próximos meses, que vão auxiliar as escolas do Município, totalizando 400 contratações.

“O agente faz a conexão da escola com a família ou comunidade. Além disso, acompanha o aluno, no sentido de identificar as dificuldades. O foco é a redução da evasão escolar. É um trabalho muito importante, principalmente nessa retomada das atividades na educação municipal, trazendo os alunos a retomarem as aulas presenciais”, explicou a coordenadora do programa, Renata Sousa.

Uma das agentes de educação, a estudante do terceiro semestre de Pedagogia, Elaine Dantas, de 22 anos, disse estar com bastante expectativa para o trabalho a ser desenvolvido em sala de aula e fora dela. “Esse programa vai me ajudar bastante a crescer profissionalmente dentro da área que eu quero atuar. Quero poder contribuir no desenvolvimento dos alunos e da instituição”.

Outra agente da educação, a estudante Andrea Santos, de 49 anos, disse ter sido atraída pela proposta do programa. “Eu acredito muito nesse trabalho de combate à evasão escolar e acho que a proposta casa com o meu sentimento diante disso. Estou muito feliz por ser uma das contratadas para estar atuando diretamente dentro da sala de aula”, relatou.

Os novos agentes passaram por um processo seletivo e são graduandos em Pedagogia, matriculados no período noturno. A atuação nas unidades de ensino ocorrerá nos turnos turno matutino ou vespertino, com carga horária de 30h semanais, durante um ano. Os participantes receberão, mensalmente, uma bolsa auxílio no valor de R$928,02, acrescido do valor do auxílio-transporte.

Serão desenvolvidas atividades como ações transversais e sincronizadas com os alunos e os pais, farão frequências do estudante, participarão de ações coletivas, dentre outras atividades.

Fotos: Jefferson Peixoto/Secom

You may also read!

Ao que tudo indica, a cúpula de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) vem debatendo a possibilidade de abrir

Read More...

GESTÃO BOLSONARO TIRA VERBA DE AUXÍLIO A FAMÍLIAS POBRES E COMPRA TRATOR PARA ALIADOS

O governo Jair Bolsonaro (PL) destinou para a compra de tratores um recurso de R$ 89,8 milhões que deveria

Read More...

TRÁFICO DE DROGAS – POLICIA PRENDE E JUSTIÇA SOLTA

Um traficante que vendia cigarros de haxixe por 50 reais para universitários e em eventos para a classe alta,

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu