Entidades sociais comercializam produtos na Vila de Natal do Campo Grande

In Cidade On

Fotos: Vitor Santos/Sempre

A Vila de Natal, na Praça do Campo Grande, se tornou um espaço de esperança e acessibilidade. No local, instituições que realizam atendimentos a pessoas com deficiência estão expondo e comercializando produtos desenvolvidos por assistidos ou para benefício deles. A ação é realizada pela Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) através da Unidade de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (UPCD), e integra o projeto Natal Salvador 2021, que vai até o dia 6 de janeiro.

“Iniciamos esse projeto em 2019, convidando entidades sociais, especialmente aquelas que trabalham com pessoas com deficiência, para ocupar esse espaço, expor e dar visibilidade ao trabalho que já fazem durante todo o ano. E em 2021 a ação é ainda mais importante, por propiciar também uma fonte de renda e arrecadação tanto para as entidades como para os usuários, garantindo assim a inclusão social”, pontuou o diretor da UPCD, Wagner Andrade.

Participam do projeto este ano as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), Associação Baiana dos Deficientes Físicos (Abadef) e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). No local, os visitantes podem conferir diversos objetos, como canecas, enfeites e objetos decorativos, livros, panetones e sequilhos, dentre outros produtos.

A presidente da Abadef, Silvanete Brandão, avaliou a ação municipal de promover ainda mais a inclusão no espaço natalino. “A gente percebe a inclusão e acessibilidade total que foi organizada pela Prefeitura para que pudesse dar suporte às pessoas com deficiência. Tem sido proveitoso e muito bom saber que a gente pode estar em contato com todos, sem nenhum tipo de exclusão, ou dificuldade de acesso ao espaço. É também muito bom poder participar e divulgar o nosso trabalho para a sociedade. É uma forma de ampliar o nosso serviço para a sociedade civil”, destacou.

O secretário da Sempre, Kiki Bispo, ressaltou que a atividade é bastante representativa, principalmente nesse momento de superação da pandemia de Covid-19 e de retomada da economia. “Com esta iniciativa, estamos contribuindo com o fortalecimento da economia criativa e da renda da população de nossa cidade, que tanto precisa”, afirmou.

Além de garantir a participação das entidades e pessoas com deficiência na Vila de Natal, para garantir a acessibilidade, ainda estão disponíveis para a população mapa tátil e profissionais intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Tatiane Sales, que esteve na Praça do Campo Grande com a família e aproveitou o momento para comemorar o aniversário da mãe, aprovou a iniciativa. “Eu e minha família sempre gostamos do clima e temas natalinos. Estou emocionada de ver a gente retomando a nossa vida e as atividades com todos os cuidados, é claro. E saber que estão aqui as instituições que trabalham com pessoas com deficiência é muito importante, é uma renovação de todos os pontos, inclusive da solidariedade”, opinou.

You may also read!

TRÁFICO DE DROGAS – POLICIA PRENDE E JUSTIÇA SOLTA

Um traficante que vendia cigarros de haxixe por 50 reais para universitários e em eventos para a classe alta,

Read More...

MARÉ BAIXA – TRAVESSIA SALVADOR-MAR GRANDE PARA POR TRÊS HORAS

A Travessia Salvador-Mar Grande, que está operando normalmente desde às 5h da manhã, vai suspender as atividades nesta terça-feira

Read More...

LEGITIMA DEFESA – MULHER MATA COMPANHEIRO A FACADAS

Um homem morreu após ser atingido por uma faca nesta segunda-feira (16), no bairro de Tancredo Neves, em Salvador.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu