SEIS MESES DEPOIS BOLSONARO RETIRA INDICAÇÃO DE CRIVELA PARA EMBAIXADA

In Política On
- Updated

A indicação do ex-prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, para assumir a embaixada do Brasil na África do Sul foi retirada por Bolsonaro. A desistência acontece seis meses após a indicação.

Para assumir o cargo, Crivella dependia da aprovação das autoridades da África do Sul, o que não aconteceu. Em função disso, o Brasil retirou a indicação do ex-prefeito, segundo foi noticiado pelos jornais.

Crivella é acusado de ter comandado um suposto esquema de corrupção envolvendo propina durante a sua gestão na capital carioca. O Ministério Público estadual apontou que o “QG da propina” arrecadou mais de R$ 53 milhões em depósitos para mais de 20 empresas de fachada, em nome de laranjas, criadas pelo grupo de Crivella. O ex-prefeito é réu por corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Também é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus. A indicação ao posto de embaixador seria um agrado de Bolsonaro à Universal. O grupo religioso tem enfrentado problemas em países africanos, como em Angola.

You may also read!

Gabriel Monteiro tem o mandato cassado

O agora cassado Gabriel Monteiro (PL) foi às redes sociais depois que a Câmara dos Vereadores do Rio de

Read More...

São Paulo é o último classificado para as semifinais da Copa do Brasil

O São Paulo deu indícios de que conseguiria a classificação à semifinal da Copa do Brasil de forma tranquila.

Read More...

STF decide que Eduardo Cunha está inelegível

O ex-parlamentar havia registrado sua candidatura a deputado federal por São Paulo após conseguir uma decisão liminar do TRF-1

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu