Projeto leva apresentação musical para alunos do Cmei Jardim Brasília

In Cultura On

Fotos: Otávio Santos/Secom

Através do projeto Viajando no Tapete das Letras, 60 alunos do Grupo V do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Jardim Brasília, em Pernambués, puderam assistir à apresentação musical do cantor Júnior Negrão, na manhã desta segunda-feira (8). Para possibilitar às crianças vivenciarem práticas de leitura e escrita, mediadas pelas professoras e pela família, a instituição ampliou experiências de letramento e trabalhou com cantigas de roda, dança e muita animação.

Com o objetivo de acrescentar as possibilidades de comunicação e expressão, apresentando variados gêneros orais e escritos, o projeto foi idealizado sob a perspectiva de atender crianças do ensino presencial e remoto. “O projeto foi iniciado no começo no ano letivo, em fevereiro. Desde então, nós trabalhamos com todos os portadores textuais, e a partir disso trouxemos o letramento para as crianças. Quando chegamos no momento da música percebemos que eles tinham uma afinidade maior e demonstraram interesse pelo assunto, por isso, decidimos explorar mais. Agora, estamos trabalhando com as cantigas de roda e até convidamos o pai de uma aluna para tocar”, explicou Mônica Soares, professora e vice-coordenadora da instituição.

Iniciado desde fevereiro, o projeto segue até o final do ano letivo. Durante todo ano estão sendo trabalhados conteúdos através de nomes, quadrilhas juninas, cantigas de roda, receitas, adivinha, brinquedos/brincadeiras, lendas, trava-línguas, textos informativos, convite, músicas, poesias, rótulos, listas, fábulas e parlendas.

A professora Ana Maria Sanches destacou a importância da ação. ” É um tipo de projeto que a gente vê o envolvimento da criança, eles param para escutar, dançar, cantar, movimentar esse corpo. Diz muito sobre a leitura que ela faz em relação a esse mundo, o que ela já conhece, o que já traz, tudo está interligado. Com certeza, é uma forma de aprendizado eficaz, e de muita importância para que as crianças possam se posicionar nesse mundo em que vivemos”, declarou.

Morador do bairro e pai da pequena Maria Júlia Silva, o cantor Júnior Negrão, 33 anos, avaliou a integração da escola com a comunidade. “O contato da criança com a música gera um aprendizado lúdico. Elas adquirem conhecimento se divertindo, o que é fantástico. Acho muito importante a iniciativa da escola de unir a comunidade, arte e ensinamento”, disse.

Com o olhar que não escondia o orgulho, Maria Júlia, de 5 anos, falou sobre a felicidade de ver o pai se apresentar na escola. “Estou muito feliz, é um dia diferente e divertido. Estou orgulhosa de ver ele cantar”, afirmou. O estudante Davi Souza Dias, de 6 anos, também aprovou a cantoria. “Aprendi muito sobre música. Nos divertimos, brincamos e foi um dia muito legal. Eu amei aprender desse jeito”.

You may also read!

TEIXEIRA DE FREITAS – HOMENS PERSEGUEM E MATAM MÉDICA VETERINÁRIA

Uma médica-veterinária foi morta a tiros na cidade de Teixeira de Freitas, no Extremo-Sul da Bahia. Crislaine Boldrini Faé,

Read More...

RODOVIAS AMANHECERAM COM POUCO TRÂNSITO

Com aparente tranquilidade, as rodovias baianas amanheceram diferentes do número elevado de veículos que deixaram a capital baiana no

Read More...

SALVADOR AMANHECE COM AS RUAS VAZIAS NESSE SÁBADO

A capital baiana amanheceu com as ruas vazias nesse sábado, 25 de junho, um dia depois do São João.

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu