RACHADINHA – Cada vez mais o cerco esta fechando para o clã Bolsonaro

In Política On

Uma casa do presidente Jair Bolsonaro constou do cadastro da Receita Federal ou da Câmara Municipal do Rio de Janeiro de quatro pessoas suspeitas de serem “funcionárias fantasmas” do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). À época em que morava no local, Bolsonaro estava casado com a advogada Ana Cristina Siqueira Valle, investigada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro sob suspeita de ser a articuladora de um esquema de “rachadinha” no gabinete do vereador. O endereço cadastrado na Receita e na Câmara é o local para onde são encaminhadas eventuais comunicações fiscais e administrativas dos funcionários de Carlos. A informação sobre o endereço dos supostos “funcionários fantasmas” consta nos autos da investigação do MP-RJ que levou à quebra de sigilo bancário do vereador, da ex-mulher do presidente e de outras 25 pessoas e sete empresas. A suspeita dos promotores é a de que Carlos mantinha em seu gabinete um esquema semelhante ao atribuído ao senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), pelo qual foi denunciado sob acusação de liderar uma organização criminosa, lavagem de dinheiro, peculato e apropriação indébita.

You may also read!

Forró de luto – A Bahia perdeu Zelito Miranda

O cantor Zelito Miranda morreu durante a madrugada desta sexta-feira (12). A informação foi confirmada ao Metro1 por sua

Read More...

Motorista de aplicativo é encontrado morto em porta-malas no CIA

Um motorista de aplicativo foi sequestrado e encontrado morto pela polícia no porta-malas de um carro na BA-526 (estrada Cia-Aeroporto),

Read More...

Vacinação antirrábica alcançou mais de 20 mil animais em Salvador em quatro dias

Mais de 20 mil cães e gatos em Salvador foram imunizados nos quatro primeiros dias da Campanha Nacional de

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu