11 DE SETEMBRO – Depois de 20 anos o governo americano revela detalhes das investigações

In Mundo On
- Updated

O FBI liberou neste sábado (11) os primeiros documentos secretos ligados à investigação dos ataques terroristas de 11 de setembro. A ordem para a liberação partiu do presidente Joe Biden. Um relatório, publicado na íntegra pelo jornal britânico ‘The Guardian’, confirma a investigação sobre um saudita suspeito de oferecer apoio logístico a dois sequestradores dos aviões. Não aponta, no entanto, ligação com o governo Saudita.

O documento liberado é de 2016 e revela detalhes, conexões e depoimentos de testemunhas que levaram o FBI a suspeitar de Omar al-Bayoumi, que era supostamente um estudante saudita em Los Angeles. O FBI suspeitava que Omar fosse um agente de inteligência saudita. O relatório aponta que ele deu apoio logístico a pelo menos dois dos homens que sequestraram aviões em 11 de setembro. Como por exemplo o fornecimento de “assistência em viagens, hospedagem e financiamento”.

Foto: Doug Kanter / AFP

You may also read!

Bolsonaro cria estatal com orçamento de R$4 bilhões

A nova estatal que foi criada para assumir as funções públicas da Eletrobras terá estrutura “enxuta”, de acordo com

Read More...

Com nova policlínica em Serrinha, Bahia chega a 94% de cobertura para a população em exames

A cobertura proporcionada pelas policlínicas regionais de saúde se aproxima a 94% da população baiana com a unidade de

Read More...

GREVE – Empresários montam frota propria e repassam custo para o consumidor

Aumento da frota própria, planos de contingência preparados e um relacionamento mais estreito com as transportadoras passaram a fazer

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu