Youtube pagou mais de R$15,4 milhões para canais antidemocráticos

In Política On
- Updated

Um levantamento feito pela Consultoria Quaest (@quaestpesquisa) estima que 14 canais do #YouTube acusados pela Polícia Federal de propagar fake news produziram conteúdo suficiente para faturar R$ 15,4 milhões em um ano.

Entenda o cálculo: primeiro a consultoria descobriu o alcance dessas 14 páginas. Juntas, elas têm uma base de 9,5 milhões de seguidores. A cada mil visualizações, o YouTube monetiza os canais que hospeda com valores que variam entre US$ 25 centavos (R$ 1,30 na cotação atual) e US$ 4,50 (R$ 23), segundo Felipe Nunes, diretor da Quaest e professor de ciências políticas da Universidade Federal de Minas Gerais (#UFMG).

Ainda de acordo com o professor, esse 1,4 bilhão de visualizações poderia gerar em torno R$ 15,4 milhões em um ano desde que os 14 canais estivessem monetizando por todo esse tempo.

Questionado pelo UOL, o YouTube não comentou os valores apurados pela consultoria, mas afirmou em nota que que já suspendeu os repasses.

You may also read!

Bolsonaro cria estatal com orçamento de R$4 bilhões

A nova estatal que foi criada para assumir as funções públicas da Eletrobras terá estrutura “enxuta”, de acordo com

Read More...

Com nova policlínica em Serrinha, Bahia chega a 94% de cobertura para a população em exames

A cobertura proporcionada pelas policlínicas regionais de saúde se aproxima a 94% da população baiana com a unidade de

Read More...

GREVE – Empresários montam frota propria e repassam custo para o consumidor

Aumento da frota própria, planos de contingência preparados e um relacionamento mais estreito com as transportadoras passaram a fazer

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu