Ex-chefe da AGU pode ser investigado pela CPI da Covid por negociações pela Covaxin

In Política On
- Updated

A ideia de convocar José Levi, ex-advogado-geral da União, à CPI da Covid, foi reacendida entre os senadores devido a enrolada negociação entre Ministério da Saúde e a empresa Precisa Medicamentos para a compra das vacinas Covaxin.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) quer que Levi seja convocado como testemunha.

O parlamentar alega que o ex-AGU estava no cargo entre abril de 2020 e março de 2021, período em que foi assinado contrato entre o Ministério da Saúde e a empresa Precisa Medicamentos, para compra das fabricadas pelo laboratório indiano Bharat Biotech.

Para Randolfe, Levi tem de explicar qual foi a atuação da AGU no processo e na assessoria ao Ministério da Saúde e à Presidência da República.

You may also read!

Bolsonaro cria estatal com orçamento de R$4 bilhões

A nova estatal que foi criada para assumir as funções públicas da Eletrobras terá estrutura “enxuta”, de acordo com

Read More...

Com nova policlínica em Serrinha, Bahia chega a 94% de cobertura para a população em exames

A cobertura proporcionada pelas policlínicas regionais de saúde se aproxima a 94% da população baiana com a unidade de

Read More...

GREVE – Empresários montam frota propria e repassam custo para o consumidor

Aumento da frota própria, planos de contingência preparados e um relacionamento mais estreito com as transportadoras passaram a fazer

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu