JUSTIÇA ARQUIVA SÉTIMA DENÚNCIA CONTRA O PRESIDENTE LULA

In Política On
- Updated

Por falta de provas da delação da Odebrecht contra Lula e seu filho, Luis Cláudio, sócio da empresa Touchdown, a Justiça de São Paulo arquivou nesta semana a sétima denúncia decorrente da Lava Jato, sobre os crimes de corrupção e tráfico de influência.

A decisão foi tomada pelo juiz Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Federal de São Paulo, que não viu elementos de prova na delação de Emílio Odebrecht e Alexandrino Alencar, que relataram repasses à empresa Touchdown, do filho do petista, como uma “troca de favores”.

Lula e o filho foram indiciados pela Polícia Federal, mas o próprio Ministério Público Federal entendeu que não havia crimes porque Lula já não era presidente na época dos fatos narrados. O juiz acolheu o mesmo entendimento.

É a sétima ação contra Lula que é arquivada por falta de provas. O ex-presidente só foi condenado em processos instruídos pelo ex-juiz Sergio Moro, na 13ª Vara Federal em Curitiba: caso triplex e sítio de Atibaia (em que a juíza substituta de Moro, Gabriela Hardt, plagiou trechos da sentença do triplex).

O petista ainda aguarda o juiz Antonio Bonat proferir uma decisão a respeito do processo sobre terreno para o Instituto Lula, envolvendo a Odebrecht.

You may also read!

Após falas homfóbicas, Maurício Souza tem contrato encerrado por time

Até então atleta do Minas Tênis Clube, Maurício Souza tem contrato rescindido pelo time nesta quarta-feira (27). Decisão foi

Read More...

Limpeza no mar celebra o Dia da Baía de Todos-os-Santos

Foto: Igor Santos/Secom Na próxima segunda-feira (1°), Dia da Baía de Todos-os-Santos, a Prefeitura, através da Empresa de Limpeza

Read More...

Projeto foca na redução da mortalidade materna em Salvador

Foto: Jefferson Peixoto/Secom Para reduzir a morbimortalidade (doenças e mortalidade) materna em Salvador, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu