Justiça Militar ignora congelamento e prevê R$ 2 milhões para novos cargos

In Brasil On
- Updated

A Justiça Militar ignorou o impedimento de contratação de novos servidores, previsto na lei complementar 173, e incluiu a despesa na previsão do Orçamento de 2021. A informação é da coluna Painel, da Folha.

O órgão pretende criar 740 cargos e informou que vai nomear 36 novos profissionais, ao custo total de R$ 2,050 milhões.

O Superior Tribunal Militar (STM) não respondeu. Já o Ministério da Economia informou que não vai se manifestar sobre o assunto, citando o “princípio da autonomia administrativa e financeira do Poder Judiciário”.

You may also read!

Bolsonaro cria estatal com orçamento de R$4 bilhões

A nova estatal que foi criada para assumir as funções públicas da Eletrobras terá estrutura “enxuta”, de acordo com

Read More...

Com nova policlínica em Serrinha, Bahia chega a 94% de cobertura para a população em exames

A cobertura proporcionada pelas policlínicas regionais de saúde se aproxima a 94% da população baiana com a unidade de

Read More...

GREVE – Empresários montam frota propria e repassam custo para o consumidor

Aumento da frota própria, planos de contingência preparados e um relacionamento mais estreito com as transportadoras passaram a fazer

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu