Justiça Militar ignora congelamento e prevê R$ 2 milhões para novos cargos

In Brasil On
- Updated

A Justiça Militar ignorou o impedimento de contratação de novos servidores, previsto na lei complementar 173, e incluiu a despesa na previsão do Orçamento de 2021. A informação é da coluna Painel, da Folha.

O órgão pretende criar 740 cargos e informou que vai nomear 36 novos profissionais, ao custo total de R$ 2,050 milhões.

O Superior Tribunal Militar (STM) não respondeu. Já o Ministério da Economia informou que não vai se manifestar sobre o assunto, citando o “princípio da autonomia administrativa e financeira do Poder Judiciário”.

You may also read!

QUEM NÃO VIU, NÃO VÊ MAIS- WHATAPP COM INAGENS INSTANTÂNEOS

Depois do festival de nudes que virou a despedida dos fleets do Twitter, o WhatsApp resolveu entrar na onda

Read More...

Prefeitura inicia vacinação de pessoas com 30 anos ou mais nesta quarta (4)

A Prefeitura realiza, nesta quarta-feira (4), o Mutirão de Vacinação 30 anos. Pela manhã, das 8h às 12h, a

Read More...

Secretário estadual de Saúde pede exoneração do cargo

O cardiologista Fábio Vilas-Boas entregou, agora à tarde, uma carta com pedido de exoneração do cargo de secretário estadual

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu