EXTREMISTA SARA GIROMINI VAI PARA O PRESÍDIO

In Política On

A ativista Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, chefe do grupo “300 do Brasil”, de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, foi transferida hoje (17) para a Penitenciária Feminina de Brasília. Desde segunda (15) ela estava detida na Polícia Federal, com prisão temporária, pela realização de atos antidemocráticos.

De acordo com o G1, secretário de Administração Penitenciária do DF, Adval Cardoso, afirmou que Sara Giromini vai ficar isolada em uma cela.

Na manhã de hoje a militante foi denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF) por injúria e ameaça contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Caso seja condenada, deverá repará-lo em valor mínimo de R$ 10 mil por danos morais.

You may also read!

Novo decreto do governo da Bahia libera bares , bebida e aulas semipresenciais

As unidades de ensino, públicas e particulares, de Salvador podem retomar as atividades de forma semipresencial. Considerando que a

Read More...

COPA DO NORDESTE – Bahia mira decisão contra o Ceará

Depois de sair perdendo por 2 a 0, o Bahia buscou o empate diante do Independiente, na última terça-feira

Read More...

Mudança de secretários fortalece o PP no governo da Bahia

Foi publicado nesta quarta-feira (5), no Diário Oficial do Estado, as mudanças no secretariado anunciadas pelo governador Rui Costa

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu