Ativistas do clima jogam tinta vermelha em embaixada do Brasil em Londres

In Mundo On
- Updated

Ativistas do clima jogaram tinta vermelha na embaixada brasileira em Londres nesta terça-feira para protestar contra os danos à floresta amazônica e ao que chamaram de violência contra os povos indígenas que lá vivem.

Dois ativistas do Extinction Rebellion subiram em uma superfície de vidro na entrada da embaixada, e outros dois se colaram às janelas.

Marcas e mãos de tinta vermelha podiam ser vistos por toda a fachada, assim como slogans que diziam “Sangue indígena: nenhuma gota a mais” e “Pela floresta”.

O Extinction Rebellion, que tumultuou a região central de Londres por diversas semanas neste ano, disse que o protesto visava desafiar o governo brasileiro por causa de “abusos de direitos humanos sancionados pelo Estado e ecocídio”.

O grupo acrescentou que o protesto foi organizado para coincidir com uma marcha de mulheres indígenas em Brasília nesta terça-feira e que ações semelhantes estavam ocorrendo nas embaixadas do Brasil no Chile, em Portugal, na França, na Suíça e na Espanha.

A embaixada brasileira em Londres não pôde ser contactada de imediato para comentar. Informações e foto da Agência Reuters.

You may also read!

Ilhéus recebe R$ 700 mil de emenda do deputado Paulo Magalhães para obras de infraestrutura

Na terça-feira (4), o município de Ilhéus foi contemplado com uma emenda no valor de R$ 700 mil para

Read More...

Ilheus recebe a visita do governador para inauguração da BA-001

O prefeito Mário Alexandre e o governador Rui Costa realizaram uma vistoria final e entregaram na manhã desta quinta-feira

Read More...

Novo decreto do governo da Bahia libera bares , bebida e aulas semipresenciais

As unidades de ensino, públicas e particulares, de Salvador podem retomar as atividades de forma semipresencial. Considerando que a

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu