F1 oferece pontos de superlicença por treinos de sexta-feira

In Esporte, F1 On
- Updated

A partir de 2020, sessões de treinos livres contarão na obtenção de pontos para superlicença, enquanto que a W Series será formalmente adicionada à lista de categorias que ajudarão na ascensão à F1.

Para correr na F1, um piloto deve somar 40 pontos ao longo de três temporadas, a fim de ser elegível para uma superlicença.

A lista de categorias de qualificação vão desde a pirâmide convencional de monopostos – da Fórmula 2 até a Fórmula 4 – até grandes categorias como a Indy e o Campeonato Mundial de Endurance da FIA (WEC).

A partir de 2020, a participação em sessões de treinos livres nos fins de semana de GPs também contarão para esta somatória.

You may also read!

Gabriel Monteiro tem o mandato cassado

O agora cassado Gabriel Monteiro (PL) foi às redes sociais depois que a Câmara dos Vereadores do Rio de

Read More...

São Paulo é o último classificado para as semifinais da Copa do Brasil

O São Paulo deu indícios de que conseguiria a classificação à semifinal da Copa do Brasil de forma tranquila.

Read More...

STF decide que Eduardo Cunha está inelegível

O ex-parlamentar havia registrado sua candidatura a deputado federal por São Paulo após conseguir uma decisão liminar do TRF-1

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu