BRUMADINHO – Investigados estão soltos e apurações continuam

In Brasil On
- Updated

Quatro meses após o rompimento da Barragem de Córrego do Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho (MG), os investigados estão soltos, a multa aplicada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) não foi paga e as apurações continuam. Ainda não há réus nas investigações. O desastre deixou 242 mortos, segundo a Defesa Civil, e outras 28 pessoas seguem desaparecidas.

Treze funcionários da mineradora e da empresa TÜV SÜD, que atestou a segurança da estrutura, são investigados em liberdade. Eles já estiveram presos duas vezes: na última ocasião, foram liberados entre a noite do dia 15 de março e a madrugada do dia 16, com a concessão de um habeas corpus por parte do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que considerou as prisões desnecessárias.

A Polícia Civil afirmou ao portal G1 que o inquérito já permite apontar a hipótese de homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de cometer o crime. Ainda é preciso apurar a participação de cada um dos considerados envolvidos na tragédia.

A multa aplicada pelo Ibama, no valor de R$ 250 milhões referentes a cinco autos de infração, ainda não foi paga pela Vale. Já a multa aplicada pelo governo de Minas Gerais, no valor de mais de R$ 99 milhões, foi paga.

Até o dia 24 de maio, 21 acordos individuais foram homologados pela Justiça entre atingidos, representados pela Defensoria Pública de Minas Gerais, e a Vale, segundo o TJMG.
Procurada, a mineradora disse que não iria comentar o assunto.

You may also read!

Biden retira liberação da entrada de turistas do Brasil aos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, retirou a liberação da entrada de turistas do Brasil ordenada pelo ex-representante

Read More...

Incêndio atinge fábrica de vaciba para o COVID-19 na Índia

Um incêndio atingiu hoje (21) uma das maiores produtoras mundial de vacinas, uma fábrica da Serum Institute da Índia.

Read More...

Com embaixadores, Rui Costa busca atrair nova indústria automobilística e mais oportunidades para a Bahia

O governador da Bahia, Rui Costa, está numa agenda propositiva frente aos impactos que o fechamento da montadora Ford

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu