Em tom de DESPEDIDA – “Muito obrigado Salvador”, ACM Neto

In Política On
- Updated

“Neto será candidato ao governo do estado”, afirmou um dos vereadores próximos ao prefeito, durante o lançamento do BRT em Salvador. O prefeito disse que sofre perseguição do governo, se fez de vitima, e se despediu da cidade.

O temor de que o prefeito de Salvador não seria candidato, estava se espalhando na base do prefeito, o que estaria deixando aliados que estão com suas candidaturas postas para o legislativo de “cabelo em pé”.

A sensação de que o prefeito de Salvador estaria em desvantagem para disputar na chapa majoritária com o governador Rui Costa (PT), é latentes, e cresce a cada dia, mesmo com a possibilidade de que o anuncio da candidatura será feito do dia 7 de abril.

Os aliados do prefeito ACM Neto (DEM) tiveram certeza hoje (29), durante a cerimônia que decretou o início das obras do BRT de Salvador, que o democrata será candidato. O discurso feito pelo prefeito ACM Neto (DEM), longo e cheio de frases de impacto, foram o pré-anuncio de que o alcaide de Salvador estaria se despedindo do palácio Tomé de Souza.

“O que é que venha a acontecer, vai dar certo.Eu quero dizer ao povo da minha cidade só uma coisa: muito obrigado por me permitir viver tudo isso. Muito obrigado por ser prefeito da primeira e melhor capital do Brasil”, disse o prefeito.

Mesmo com uma platéia repleta de assessores, vereadores, lideranças comunitárias e puxa-sacos, que gritavam “governador, governador, governador”, percebíamos que o clima de incerteza é grande. A impressão que temos, é que o prefeito de apenas 39 anos, está entre à cruz e à espada.

Se sai candidato e perde às eleições, ele ficará um longo tempo longe de um mandato executivo. Se não aceita o “desafio” de ser candidato, fatalmente será abandonado pela sua base, que sem opção vai debandar. O

Pesquisas internas mostram que o prefeito perde às eleições em 2018, seja qual for o cenário politico nacional. O governador Rui Costa, ganharia do prefeito até em Salvador. Essas informações são comentadas abertamente nos corredores da Câmara Municipal de Salvador e na Assembléia Legislativa da Bahia.

Agora é olhar para o calendário e aguardar o dia 7 de abril, prazo limite dado pela lei, para que o prefeito renuncie ao mandato.

You may also read!

Bolsonaro cria estatal com orçamento de R$4 bilhões

A nova estatal que foi criada para assumir as funções públicas da Eletrobras terá estrutura “enxuta”, de acordo com

Read More...

Com nova policlínica em Serrinha, Bahia chega a 94% de cobertura para a população em exames

A cobertura proporcionada pelas policlínicas regionais de saúde se aproxima a 94% da população baiana com a unidade de

Read More...

GREVE – Empresários montam frota propria e repassam custo para o consumidor

Aumento da frota própria, planos de contingência preparados e um relacionamento mais estreito com as transportadoras passaram a fazer

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu