Furdunço terá primeiro “pranchão” com energia solar

In Cultura On

Além da alegria contagiante de um repertório que mistura canções autorais e releituras com arranjos e assinatura próprios, a dupla Juan e Ravena chega ao Carnaval de número 16 da carreira com uma mensagem de respeito e preservação ao meio ambiente. Uma mensagem que vai além do tema escolhido – “Luau Elétrico” –, pois estará presente de forma prática desde a montagem do “pranchão” para o Furdunço até o figurino de Juan e Ravena, feito com material reciclável.

Juan e Ravena irão começar a folia na quinta-feira de Carnaval, puxando o Furdunço no circuito Barra-Ondina. O “pranchão” foi feito com material retirado do ferro-velho, em Camaçari, com reaproveitamento do aço, ferro e alumínio, além de madeira reciclável para as caixas de som.  A iluminação, toda em LED, terá painéis fotovoltaicos que irão carregar as baterias via energia solar, através de uma parceria com a empresa Gauss Energia. O sistema será inédito no Carnaval de Salvador.

O “pranchão”, puxado por um jipe Engesa 1988 emprestado pelo grupo de 4×4 Free Road e pela empresa Urubu com Faca Expedições, irá inovar no uso de energia solar. Além disso, percussionistas vestidos de gari irão desfilar e tocar na frente do jipe, numa ação que tem a parceria da Limpurb. “Quando a gente escolheu como tema a preservação ambiental e a sustentabilidade, a gente queria colocar isso de forma prática, e não apenas no discurso. Pois o que fica é o exemplo. E o Carnaval, que tem o poder de potencializar exemplos, é um momento importante para defendermos essa bandeira”, afirma Juan.

Canções – Após o Furdunço, na quinta de Carnaval, a dupla, dona de um estilo bem praiano, vai desfilar no trio independente no sábado, no circuito Osmar. No repertório, músicas como “Sexta-feira”, que já ficou em primeiro lugar em algumas rádios da cidade, e “Trança no cabelo”, ambas no estilo que mistura axé com ragga e de autoria de Juan e Ravena, que também são instrumentistas. Além disso, os irmãos pretendem levar para a folia regravações, com arranjos próprios, de canções como “Sina”, de Djavan, e “Apenas um rapaz latino-americano”, de Belchior.

“Algumas de nossas músicas já são conhecidas dos foliões, e isso é incrível. E, nas regravações, procuramos sempre deixar nossa marca, nossa assinatura. De modo que temos um repertório bastante eclético no Carnaval, com muita música baiana e outros ritmos para não deixar ninguém parado. É energia pura”, diz Ravena, que, nas horas vagas, ainda gosta de imitar Shakira e Maria Bethânia, entre outras estrelas. “Isso é só para brincar um pouco”, complementa.

Trajetória e futuro – Cada vez mais afinados e donos de uma personalidade musical própria, Juan e Ravena preparam para depois do Carnaval o lançamento do primeiro DVD carreira, já em fase de produção (a dupla possui 6 CDs gravados). Isso em meio a uma agenda que envolve shows tanto na capital quanto no interior, sem falar na continuidade do projeto social “Qual foi, jovem?”, que, desde 2005, leva cultura e educação para escolas públicas de toda a Bahia de forma lúdica e divertida.

No total, a dupla já tem cerca de 70 composições gravadas e parcerias com nomes como Saulo, Val Macambira e Daniel Vieira, entre outros.  Já foram mais de 300 apresentações em palcos e trios elétricos, tocando e cantando de tudo, do reggae ao ragga eletrônico, passando pelo forró, MPB e, claro, axé. Isso inclui apresentações no Carnaval de Salvador, em micaretas pelo interior, festas de largo, casas de evento, congressos estudantis fora da Bahia e até shows em Paris e Viena, cidades da Europa.

You may also read!

É falso que vacina tenha qualquer relação com a AIDS

Após o presidente Jair Bolsonaro compartilhar em live que a vacina contra COVID-19 têm acarretado o desenvolvimento da Síndrome da

Read More...

Cátedra abre 25 vagas para jovem aprendiz em Itabuna

A Cátedra, agência completa de RH para atração, seleção e capacitação de talentos, informa a abertura de 25 vagas

Read More...

Centro do Empreendedor Municipal retoma atendimentos presenciais

Fotos: Otávio Santos/Secom Com o avanço da vacinação, a baixa no número de casos de Covid-19 e a retomada

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu