“Governo Michel Temer persegue os baianos”

In Política On

Ainda não foram liberados os R$ 600 milhões do empréstimo feito pelo governo do Estado da Bahia junto ao Banco do Brasil. As questões técnicas são discutíveis e inexplicáveis, mas nos corredores políticos o que se sabe e comenta, seria a interferência do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), que teria agido politicamente, de olho nas eleições de 2018, para impedir que os recursos tivessem sido liberados.

Os interlocutores do prefeito atribuem  as reclamações do Palácio de Ondina à possível disputa eleitoral entre Rui e o prefeito ACM Neto (DEM) no próximo ano. “Está claro agora porque a Bahia não pode receber os recursos. O Estado não fez o dever de casa porque Rui Costa só pensa em 2018 e em tentar atingir a popularidade do prefeito de Salvador”, afirmou o democrata Pablo Barrozo em entrevista veiculada nesta quinta-feira (7).

O governo do Estado , rebate e afirma que; “A verdade é que o Banco do Brasil não libera dos R$ 600 milhões para a Bahia porque não quer. O Estado está apto, o contrato foi publicado no Diário Oficial da União. A contratação do crédito junto ao BB foi aprovada pela Secretaria do Tesouro Nacional, que reconheceu a capacidade fiscal do Estado e por outra instância do Ministério da Fazenda, a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional que recomendou a operação e assinou pela União, a garantia do empréstimo. Todo o processo legal foi cumprido. O que resta é uma cruel perseguição política”. A afirmação foi feita pelo secretário da Fazenda, Manoel Vitório, indignado com informações veiculadas na imprensa referentes a uma nova metodologia divulgada pela Secretaria de Tesouro Nacional.

“Por incrível que pareça, o nível de endividamento da cada estado perdeu a importância justamente quando se pretende avaliar a capacidade de endividamento. O resultado da “Mágica” é que São Paulo, com dívida bruta superior a 200% da Receita Corrente Liquida pode tomar mais empréstimos com a aval da União. A Bahia, com 70% estaria impedida”. Segundo o secretário, quem deve explicação para a nova fórmula magica é o Tesouro Nacional. Sobre o Banco do Brasil, a instituição já está sendo acionada na Justiça. Vitório explicou que este contrato com o BB é antigo e portanto não é atingido pela referida nova fórmula.

O ano novo está a menos de 30 dias. A disputa politica promete esquentar ainda mais, Alguns acreditam que o prefeito ACM Neto não tem gordura e estatura politica para enfrentar Rui Costa (PT), outros apostam que o prefeito sai candidato e pode “crescer” durante à disputa. Os aliados do governo acreditam na força, trabalho e “correria” do governador da Bahia. O ano de 2017 ainda não acabou, mas muitos torcem que ele vá embora de vez.

You may also read!

Ao que tudo indica, a cúpula de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) vem debatendo a possibilidade de abrir

Read More...

GESTÃO BOLSONARO TIRA VERBA DE AUXÍLIO A FAMÍLIAS POBRES E COMPRA TRATOR PARA ALIADOS

O governo Jair Bolsonaro (PL) destinou para a compra de tratores um recurso de R$ 89,8 milhões que deveria

Read More...

TRÁFICO DE DROGAS – POLICIA PRENDE E JUSTIÇA SOLTA

Um traficante que vendia cigarros de haxixe por 50 reais para universitários e em eventos para a classe alta,

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu