São Paulo – Policiais civis da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), junto a Polícia Civil de São Paulo, prenderam, na manhã desta terça-feira, a advogada e ex-repórter…

Presa jornalista acusada de trabalhar para o PCC

Presa jornalista acusada de trabalhar para o PCC

São Paulo – Policiais civis da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), junto a Polícia Civil de São Paulo, prenderam, na manhã desta terça-feira, a advogada e ex-repórter da Rede TV! Luana de Almeida Domingos, a Luana Don, de 32 anos, em uma casa em Ilha Bela, litoral paulista. Ela é apontada como integrante da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) e tida como uma das criminosas mais procuradas em SP, com recompensa de R$ 50 mil por informações que levassem a sua captura.

Luana Don tinha um mandado de prisão preventiva pelos crimes de corrupção ativa, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Segundo as investigações, a advogada integraria uma célula criminosa do PCC  denominada “sintonia dos gravatas” ou “célula R”, responsável por transmitir as ordens da cúpula da organização criminosa.

  • Redes Socias:

Deixe uma resposta