Em nota publicada na manhã desta quarta-feira (12), pela assessoria do prefeito ACM Neto, é evidente a intranquilidade do executivo soteropolitano em relação às delações dos executivos da Odebrecht, que…

ACM Neto vai esperar conteúdo das delações para se defender

ACM Neto vai esperar conteúdo das delações para se defender

Em nota publicada na manhã desta quarta-feira (12), pela assessoria do prefeito ACM Neto, é evidente a intranquilidade do executivo soteropolitano em relação às delações dos executivos da Odebrecht, que  informaram que o prefeito de Salvador teria recebido dinheiro da empreiteira para a campanha de 2010.

No texto, o prefeito ACM Neto afirmou hoje (12) que aguarda a revelação de todo o conteúdo sobre as colaborações premiadas de membros da Odebrecht para tomar uma posição sobre o assunto e poder se defender. “Nós ainda não temos conhecimento sobre o conteúdo do que existe ou não existe que envolva o nosso nome. Apenas verificamos uma petição, um despacho do ministro Fachin encaminhando para a Justiça Federal. Eu espero que, o mais rápido possível, possamos ter acesso a tudo. Que todo o conteúdo em que eventualmente fui citado e mencionado pela colaboração da Odebrecht venha a público, de maneira que eu não só possa prestar todos os esclarecimentos, mas também, a partir daí, não restar nenhuma dúvida da relação que mantive a vida inteira com a construtora que, aliás, respeita o meu desempenho como homem público, transparente, correto, defendendo o interesse público acima de qualquer outro”, disse.
Durante a entrega de geomantas instaladas na Vila Canária, ACM Neto disse estar “absolutamente tranquilo”. “Estou desejoso de que as informações venham o mais rápido possível a público para que a gente as conheça. Eu mesmo não conheço, pois neste momento estou falando de uma coisa que eu não conheço, nem vocês conhecem, nem o cidadão conhece. Que, a partir daí, todos os esclarecimentos possam ser apresentados e tenho absoluta certeza de que não restará nenhuma dúvida e tudo vai ser esclarecido”, afirmou.

  • Redes Socias:

Deixe uma resposta