Justiça Militar ignora congelamento e prevê R$ 2 milhões para novos cargos

In Brasil On

A Justiça Militar ignorou o impedimento de contratação de novos servidores, previsto na lei complementar 173, e incluiu a despesa na previsão do Orçamento de 2021. A informação é da coluna Painel, da Folha.

O órgão pretende criar 740 cargos e informou que vai nomear 36 novos profissionais, ao custo total de R$ 2,050 milhões.

O Superior Tribunal Militar (STM) não respondeu. Já o Ministério da Economia informou que não vai se manifestar sobre o assunto, citando o “princípio da autonomia administrativa e financeira do Poder Judiciário”.

You may also read!

Transporte coletivo intermunicipal é liberado em 303 municípios baianos

Cidades inseridas em macrorregiões de saúde que apresentaram redução na taxa de contaminação e de ocupação de leitos para

Read More...

STF dá 48 horas para que Justiça Federal libere acesso de Lula a acordo de leniência da Odebrecht

O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski determinou hoje (2) que o juiz responsável pela 13ª Vara Federal

Read More...

EUA se preparam para ter vacina no início de novembro

O New York Times noticia que o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu