EXTREMISTA SARA GIROMINI VAI PARA O PRESÍDIO

In Política On

A ativista Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, chefe do grupo “300 do Brasil”, de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, foi transferida hoje (17) para a Penitenciária Feminina de Brasília. Desde segunda (15) ela estava detida na Polícia Federal, com prisão temporária, pela realização de atos antidemocráticos.

De acordo com o G1, secretário de Administração Penitenciária do DF, Adval Cardoso, afirmou que Sara Giromini vai ficar isolada em uma cela.

Na manhã de hoje a militante foi denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF) por injúria e ameaça contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Caso seja condenada, deverá repará-lo em valor mínimo de R$ 10 mil por danos morais.

You may also read!

DTE de Vitória da Conquista incinera cerca de 200 kg de drogas

Resultado de apreensões que geraram instauração de diversos inquéritos e indiciamento de dezenas de traficantes, cerca de 200 quilos

Read More...

Mercado das Sete Portas passa por desinfecção total como prevenção ao coronavírus

O Mercado Público das Sete Portas passou por uma desinfecção total, como medida preventiva ao avanço do Covid-19, nesta

Read More...

Os militares no esparro

Jolivaldo Freitas Basta ler o que se escreve nos jornais sérios, por colunistas respeitados e atinados, para se saber

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu