WITZEL – STJ autoriza apreensão de obras de arte e busca em salas secretas

In Política On
- Updated
Na decisão que autorizou a Operação Placebo, o ministro do STJ Benedito Gonçalves permitiu a apreensão de “obras de arte de elevado valor ou objetos de luxo, sem comprovada aquisição com recursos lícitos”.
Em casos de corrupção, quadros e joias são usadas para lavar dinheiro sujo desviado dos cofres públicos. Na ordem de apreensão, Benedito Gonçalves determinou que tais objetos sejam guardados pela Polícia Federal em ambiente seguro e depois em museu “até eventual alienação”.
Noutro trecho, o ministro também autorizou que os policiais verificassem, durante as buscas, a “existência de eventuais cômodos secretos ou salas reservadas” nos e
“A providência também deve ser autorizada em compartimentos outros descobertos no curso da diligência, em salas/cômodos/unidades habitacionais, no mesmo prédio, contíguos ou não, independente de nova ordem”.
Entre os locais autorizados, estava o escritório de advocacia da primeira-dama, Helena Witzel, e o Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador.

You may also read!

DEREK HO – A LENDA NÃO MORRE

Morreu neste sábado Derek Ho. Um dos maiores nomes da história do surfe profissional, o havaiano sofrera um ataque

Read More...

Em Feira de Santana, Rui entrega Hospital Geral Clériston Andrade 2 que teve investimento de R$ 60 milhões

O Governo do Estado entregou, nesta quarta-feira (15), o maior investimento em saúde já realizado no interior da Bahia.

Read More...

Escândalo em Campo Formoso – Presidente da Câmara espanca filha

Uma sequência de stories publicada na noite do domingo (12) no perfil do Instagram da estudante de medicina Rafaella

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu