Desarticulada quadrilha que fraudava recebimentos de alvarás judiciais

In Polícia On
- Updated

Três estelionatários, responsáveis por um golpe envolvendo o recebimento de Recursos de Pequenos Valores (RPV), oriundos de alvarás judiciais, foram presos, na sexta-feira (15), durante uma operação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), de Vitória da Conquista e da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

De acordo o titular da DRFR/Conquista, delegado Marcus Vinícius, chegou-se até o bando quando funcionários de uma agência bancária acionaram a polícia, após uma mulher tentar sacar valores, passando-se por uma pessoa que reside no estado do Piauí.

As vítimas eram escolhidas por um integrante da quadrilha que, identificando em tempo real quando e para quem os recursos eram liberados, repassava os dados cadastrais aos comparsas que foram presos.

Um dos falsários, já identificado e que está sendo procurado, aliciava pessoas para participar do golpe, oferecendo 15 por cento do valor sacado. O restante era dividido entre os demais integrantes e segundo um dos criminosos, o golpe rendia até R$ 200 mil, por semana.

O bando também falsificava documentos que seriam utilizados nos golpes. “Carteiras de identidades originais, oriundas de furto e roubo, eram apagadas quimicamente e os dados falsos reimpressos”, explicou o delegado. O dinheiro arrecadado era lavado e enviado para diversas contas abertas em nome dos golpistas.

Foram apreendidos um computador, impressora, papeis lavados quimicamente, além de comprovantes de transações de depósito, saques e transferências em valores altos, entre vários correntistas espalhados pelo Brasil.

Os criminosos presos já possuíam passagens pela polícia por  homicídio e estelionato. Autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documento público e estelionato, o trio deverá ser encaminhado ao sistema prisional. A polícia busca identificar os demais integrantes do bando.

You may also read!

EXTREMISTA SARA GIROMINI VAI PARA O PRESÍDIO

A ativista Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, chefe do grupo “300 do Brasil”, de apoio ao presidente Jair

Read More...

O CENTRÃO MORDEU O BOLO OUTRA VEZ

No momento em que o Centrão recebe cargos no governo federal, o prefeito de Salvador e presidente nacional do

Read More...

Alexandre Moraes expediu mandados de busca contra Sara Winter e outros aloprados

O procedimento em curso na Procuradoria da República no Distrito Federal contra a influencer Sara Winter, que está engavetado

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu