“É preciso que a população pague menos impostos”, diz Brito

In Política On

O vereador Edvaldo Brito (PSD) protestou contra a quantidade de impostos que a população paga, depois que foi anunciado que em 2018 a carga tributária do país chegou a 35,07% do PIB, um recorde histórico. Pelos cálculos divulgados esta semana, cada brasileiro trabalhou 128 dias só para pagar os impostos e taxas, o equivalente a quase R$ 11,5 mil por pessoa.

Brito assegura que há tempos o país ultrapassou a Curva de Laffer, que contém aquele ponto em que as alíquotas tornam-se improdutivas, já que a receita cai porque a população não tem mais condições de pagar tantos impostos federais, estaduais e municipais.

O vereador cita Salvador como exemplo, pois, segundo ele, “a receita do IPTU vem caindo desde 2013, quando foi instaurada uma escorcha, com reajustes que os proprietários não podem honrar”. Brito chama a atenção para a urgência de uma reforma tributária, que não deve simplesmente remanejar impostos com a mesma carga permanecendo, e sim uma reforma que diminua esta carga para o contribuinte.

“Imagine você pegar quase 40% de tudo o que você ganha e dar para o governo com pouca contrapartida, além de muita corrupção. É preciso com urgência fazer uma verdadeira reforma tributária, que é aquela que desonera o contribuinte”, concluiu o vereador e jurista especialista em Direito Tributário.

You may also read!

VERGONHA – Gabriel Medina protagoniza uma cena lamentável que repercute negativamente no mundo todo

Eduardo Bolsonaro foi visto chegando em Maresias na última sexta-feira (22) com a esposa, Heloísa, os dois foram convidados pelo empresário

Read More...

Bolsonaro se convida para ir à PGR e tem encontro com Augusto Aras

O presidente Jair Bolsonaro foi na manhã desta 2ª feira (25.mai.2020) à PGR (Procuradoria Geral da República). A visita

Read More...

Com novo coronavírus, inadimplência no ensino superior cresce mais de 70% e evasão sobe 32,5%

Com a pandemia do novo coronavírus, a taxa de inadimplência nas instituições de ensino superior do País superou os 70% e o número de

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu