Bolsonaro diz que o novo ministro do STF será “terrivelmente evangélico”

In Política On
- Updated

Em culto na Câmara dos Deputados promovido pela Frente Parlamentar Evangélica, o presidente Jair Bolsonaro declarou nesta quarta-feira que indicará um ministro do Supremo Tribunal Federal que “seja terrivelmente evangélico”, parodiando a expressão dita pela ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves.

O que chama atenção, é a definição de “terrível”. Esse é um adjetivo definido como:  Que causa e inspira terror; assustador:, homem terrível.

“O estado é laico, mas nós somos cristãos. Ou, para plagiar a minha querida Damares, nós somos terrivelmente cristãos. E esse espírito deve estar presente em todos os poderes. Por isso, o meu compromisso: poderei indicar dois ministros para o Supremo Tribunal Federal. Um deles será terrivelmente evangélico”, afirmou o presidente.

Se é esse tipo de indicação que o país precisa agora, nós não sabemos. A impressão que temos é que o presidente ainda não assumiu o país, que parece que ele continua em campanha e não desceu do palanque.

A indicação de um jurista evangélico na mais alta corte judiciária do país é um dos principais pleitos da bancada evangélica, que se diz desprestigiado por não ter nenhum seguidor da religião entre os onze ministros do STF.

You may also read!

TÚLIO GADELHA (PDT-PE) – Propõe tipificação específica para crimes cometidos contra imprensa

Projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados propõe uma tipificação específica de crimes cometidos contra profissionais da imprensa.

Read More...

RODRIGO MAIA – “QUEM DERRUBA A ECONÔMIA É O CORONA VÍRUS”

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, discursou hoje (26) no plenário da Casa e disse que quem

Read More...

WITZEL – STJ autoriza apreensão de obras de arte e busca em salas secretas

Na decisão que autorizou a Operação Placebo, o ministro do STJ Benedito Gonçalves permitiu a apreensão de “obras de

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu