NEOJIBA – Alta tecnologia coloca Parque do Queimado entre melhores espaços de formação musical do mundo

In Cultura On
- Updated

A primeira sede própria dos Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba), no Parque do Queimado, no bairro da Liberdade, está pronto para a inauguração na próxima terça-feira (9). As antigas edificações do século XIX, que abrigavam máquinas a vapor de um sistema de distribuição de água, foram transformadas em um centro de formação musical de padrão internacional. A nova casa amplifica o alcance social do programa que atende milhares de crianças e jovens em todo o estado.

Um dos objetivos do projeto foi preservar a arquitetura neoclássica brasileira nos prédios. O estilo arquitetônico surgiu na Europa entre os séculos XVIII e XIX (1750 a 1830), como resgate da antiguidade clássica grega e romana, em contrapartida ao estilo anterior, barroco/rococó.

A tarefa foi executada pelo escritório de arquitetura Butikofer de Oliveira Vernay Sàrl, vencedor de diversos prêmios internacionais e sediado em Lausanne, na Suíça. Segundo a arquiteta Olivia de Oliveira, “um dos principais desafios era o de resolver a cobertura da sala principal e do palco sem descaracterizar o edifício histórico”.

O escritório suíço desenhou as vigas pré-moldadas em concreto armado plissado, com micro nervuras, para obter acústica com qualidade máxima. A mesma textura foi empregada para vedação dos arcos de uma das paredes laterais. A sala principal tem 170 m² e cerca de 10 metros de altura. “Buscamos ainda soluções para interligar a edificação principal com dois outros antigos galpões, de arquitetura fabril do século XIX, que estão em alturas diferenciadas”, relata o Sergio Ekerman, arquiteto responsável pela coordenação local do projeto.

O projeto acústico da Nagata Acoustics é o primeiro assinado pela equipe japonesa na América Latina. A empresa de consultoria é responsável por algumas das melhores salas de concerto do mundo, a exemplo da nova Philarmonnie, de Paris, e do Disney Hall, em Los Angeles.

“Mais completo do Brasil”

O novo espaço recebeu um investimento de, aproximadamente, R$ 12,3 milhões, provenientes do Governo do Estado e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e possibilitará ampliar o número de crianças e jovens atendidos pelo Neojiba.

A requalificação está equiparada a grandes salas de concerto internacionais. Segundo o diretor geral e fundador do Neojiba, o maestro e pianista Ricardo Castro, o complexo é o mais completo espaço para a formação musical do Brasil.

A sede do programa está instalada em área de dez mil metros quadrados do Parque do Queimado, sendo mil metros quadrados de área construída. O projeto da estrutura inclui uma sala de espetáculos para música de câmara, com capacidade para 140 pessoas; um prédio com saguão de entrada, bilheteria, loja, bastidores; um edifício com sala de ensaio de 180 e 300 metros quadrados; e outra construção com 15 salas de ensaio.

“Agora nossas crianças sabem que elas têm uma casa, com equipamentos equivalentes às melhores instituições de ensino de música do mundo. Esse espaço irá transformar muito as expectativas com o nível de excelência que a gente faz. O Neojiba já realizou milagres levando a orquestra juvenil para várias turnês internacionais, trabalhando com os melhores músicos do planeta e recebendo sempre críticas excelentes. Com essa nova sede, o nosso nível vai aumentar consideravelmente e esses resultados vão se multiplicar”, afirma Ricardo Castro.

Na terça-feira (9), uma série de apresentações musicais e participações especiais marca a inauguração do espaço. A Orquestra e Coro Neojiba interpreta três peças orquestrais da ópera ‘O Retirante’, de Elomar, do Hino da Bahia e Ode a Alegria. O evento conta ainda com a participação de Mateus Aleluia, Elomar e João Omar.

Tecnologia

Além de toda a estrutura, a nova sede terá internet de alta velocidade, via fibra ótica. A ação foi viabilizada a partir de parceria entre a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti), a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e a Rede Metropolitana de Salvador (Remessa), que está interligada à Rede Nacional de Pesquisa (RNP).

Neojiba

Fundado pelo maestro e pianista Ricardo Castro em 2007, o Neojiba já atendeu mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens, na capital e no interior do estado. O programa oferece atividades educativas, pedagógicas e sociais, com o objetivo principal de incentivar o desenvolvimento e a formação cidadã, por meio da música, de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade. O programa realizou mais de 1,3 mil apresentações artísticas, com mais de 700 mil espectadores, em cidades do Brasil e dos Estados Unidos, além de países da Europa.

Atualmente, o Neojiba reúne mais de 1.800 beneficiados, entre 6 e 29 anos, que participam das atividades em Salvador e municípios de 13 territórios de identidade do estado. O programa é uma ação de política pública do Governo, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), e participação da sociedade e de entidades e empresas parceiras, nacionais e estrangeiras. Reportagem Raul Rodrigues e Fotos: Paula Fróes

You may also read!

Felipe Neto será convidado pela CPMI da Fake News

O youtuber Felipe Neto publicou um novo vídeo em seu canal nesta quinta-feira (dia 12),  esclarecendo mais uma onda

Read More...

Rui Costa vê possibilidade de disputar presidência em 2022

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), assumiu pela primeira vez a possibilidade de se candidatar à Presidência da

Read More...

Praça do Tamarineiro é reinaugurada na Barra

A região do Jardim Brasil vai ser requalificada. O anúncio foi feito pelo secretário de Infraestrutura e Obras Públicas

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu