Iuri Sheik -Morre empresário baleado pelo “digital influencer”

In Polícia On
- Updated

O ex-empresário da banda Black Style, conhecido como Will, morreu hoje (26), de acordo com informações do advogado que cuidava do caso da vítima, Gabril Bonfim. Iuri Sheik é considerado foragido, após a Justiça emitir ordem de prisão. O caso aconteceu durante uma festa paredão em Santo Antônio de Jesus, nos festejos juninos.

Corrdenador da 4ª Coordenadoria de Polícia do Interior, o delegado Edilson Magalhães  explicou como teria ocorrido a tentativa de homicídio envolvendo o digital influencer Iuri Sheik, suspeito de atirar no ex-sócio da Black Style, conhecido como Will Silva, durante uma festa do tipo paredão, no último domingo (23).

“Parece que eles já tinham uma rixa. A vítima se recusou a dar a mão. Um foi dar a mão ao outro e por conta disso ocorreu essa fatalidade, essa tentativa de homicídio. […] Ele não ficou na cidade, fizemos diligência no mesmo dia. Rodamos nos locais que poderia estar. Tínhamos a placa do carro e a imagem do veículo. Ele saiu em direção a BR-324, provavelmente em direção a outro interior”, detalhou a autoridade policial durante entrevista ao Jornal da Cidade, na Rádio Metrópole, nesta terça-feira (25).

Em entrevista à Record TV Itapoan, o advogado afirmou ainda não saber o horário do sepultamento. No dia do crime, Will foi socorrido por populares para uma unidade médica e o estado de saúde era considerado grave.

You may also read!

TÚLIO GADELHA (PDT-PE) – Propõe tipificação específica para crimes cometidos contra imprensa

Projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados propõe uma tipificação específica de crimes cometidos contra profissionais da imprensa.

Read More...

RODRIGO MAIA – “QUEM DERRUBA A ECONÔMIA É O CORONA VÍRUS”

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, discursou hoje (26) no plenário da Casa e disse que quem

Read More...

WITZEL – STJ autoriza apreensão de obras de arte e busca em salas secretas

Na decisão que autorizou a Operação Placebo, o ministro do STJ Benedito Gonçalves permitiu a apreensão de “obras de

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu