HGE e Couto Maia celebram aniversários de fundação

In Bahia On

Dois grandes hospitais estaduais celebram mais um ano de funcionamento como referências de qualidade no atendimento aos baianos. Completamente renovado, o Instituto Couto Maia (Icom) completou 166 anos nesta terça-feira (9). Funcionando em novas instalações no bairro de Cajazeiras desde julho de 2018, a unidade de referência no tratamento de doenças infecciosas agora conta com 120 leitos, sendo 20 de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A comemoração foi marcada pela apresentação de um coral, pelas posses simbólicas da nova diretoria da Coordenação de Residência Médica, da ouvidora e da diretoria médica, e por um seminário sobre a importância do SUS.

“O Icom é o hospital mais antigo e com a estrutura física ‘mais jovem’ da rede pública da Bahia. Teve uma importância imensa nesse anos todos de atuação no atendimento às pessoas com doenças infecciosas no estado e, às vezes, de fora também. É uma alegria enorme fazer o primeiro aniversário dentro da sede nova, que na verdade é uma continuidade”, avalia a diretora geral do hospital, Ceuci Nunes.

Funcionária do Icom há 27 anos, a nova diretora médica é a infectologista Maria Alice Sena. “Essa é uma casa que, na verdade, representa uma grande família. As pessoas que adentram aqui têm um perfil diferenciado, um amor, uma humanização e um comprometimento muito grande. Para mim é uma honra, com muita gratidão eu recebi esse convite de dar continuidade a uma gestão de sucesso”, disse a nova gestora técnica.

HGE

O Hospital Geral do Estado (HGE) completa 29 anos nesta quarta-feira (10). Referência no tratamento de queimados, em 2016 o hospital foi ampliado e ganhou uma nova estrutura, chamada de HGE 2. Em 2018, foi inaugurado o Centro de Bioimagem. A comemoração de aniversário foi marcada pela realização do II Seminário de Humanização, nesta terça-feira (9), no auditório do HGE 2, que contou com a presença de funcionários, convidados e usuários do hospital. Nesta na quarta, a festa continua com a II Feira de Talentos.

“Nesse seminário a gente procura lembrar no nosso cotidiano as práticas que integram e humanizam o atendimento à saúde, pensando em uma saúde mais integral e que envolva as pessoas desde a sua chegada ao hospital e durante todo o processo de vinculação dos profissionais de saúde com a população que está sendo assistida e, inclusive, entre os profissionais de saúde e os acompanhantes”, explicou o coordenador de plantão da Emergência da unidade e do Serviço Integrado de Assistência a Saúde do Trabalhador (SIAST), Marcos Almeida.

Acompanhante do filho que recebe tratamento há quase 2 anos, após sofrer um acidente, a protética Luciana Lima participou do seminário e avaliou o atendimento da equipe do HGE. “Na minha opinião, eu acho um atendimento excelente. Se não fosse toda a equipe me treinando, meu filho não tinha resistido até hoje. Foram muitas lutas, dificuldades, mas também de apoio de toda a equipe. Assistente social, enfermeiros, médicos, o pessoal da limpeza, todos, hoje, na verdade, lutam a favor da minha causa”.

You may also read!

Dew Tour valerá como qualificatória para as Olimpíadas

A próxima edição do tradicional Dew Tour, que acontecerá entre os dias 13 e 16 de junho na Califórnia, vai

Read More...

Aluguel de energia solar chega a Bahia e possibilita descontos na conta de luz

A conta de luz tem pesado cada vez mais no bolso do brasileiro e a variação do valor da

Read More...

Universidade Para Todos oferece 11,5 mil vagas em pré-vestibular gratuito

Os baianos que desejam ingressar em um curso de nível superior podem contar com um reforço extra das aulas

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu