Haddad participa de sabatina com colunistas de O GLOBO

In Política On
- Updated

candidato do PT à presidência da República, Fernando Haddad, participou de sabatina realizada pelo jornal O Globo no Rio de Janeiro na manhã desta terça-feira (23). Um dos pontos que mais chamou atenção durante a sabatina foi a declaração de Haddad,  que lamenta o fato de Ciro Gomes (PDT) ainda estar na Europa e distante da campanha do segundo turno. O petista também disse que nunca esperou receber apoio do PSDB ao ser questionado sobre o fracasso da tentativa de formar uma frente democrática.

“Nunca tivemos expectativa de o PSDB declarar apoio. Até pela questão regional. Um dos candidatos a governador é [João] Doria.  Com Joaquim Barbosa [do PSB] valia uma conversa, mas sem muita expectativa, porque ele não é do meio político. Lamentei muito Ciro [Gomes] não ter ficado no Brasil, sobretudo nesse momento. O PSB, o PSOL e Marina [Silva] estão fechados”, disse.

Ele não descartou a possibilidade de ter quadros tucanos em seu eventual governo. “Trabalhei com pessoas do PSDB tanto no Ministério quanto na prefeitura. Eles têm bons técnicos”, declarou.

Antipetismo – Instigado sobre a rejeição ao PT nessas eleições, Haddad disse que o antipetismo sempre existiu. Para o ex-prefeito de São Paulo, o partido surgiu na contramão da tradicional esquerda brasileira – imbuída de viés autoritário e distante das massas.

“O PT nasceu da contestação autoritária da esquerda. Isso gerou uma preocupação das elites, porque era um partido de massas. Mas em 2013, perdemos o centro da coisa. O governo se sentiu deslegitimado pelos movimentos e começou a tomar medidas não muito consistentes. Quando resolveu corrigir, não só não tinha mais base política, como a oposição começou a sabotar com pautas-bombas”, ponderou.

Haddad ainda chamou os aliados de Jair Bolsonaro (PSL), produto do antipetismo, de ‘sobras da Ditadura’. “Temos o que sobrou dos porões (da Ditadura) e hoje se expressa politicamente. Não exatamente Bolsonaro, que é uma figura completamente desimportante no meio militar. Mas Mourão era um torturador. Isso deveria causar temor em todos os brasileiros”, disse.

You may also read!

MP encaminha denúncia ao TJ contra Dr. Pitágoras por aglomeração irregular

Ministério Público Estadual da Bahia – MP/BA ofereceu denúncia criminal ao Tribunal de Justiça da Bahia contra o atual

Read More...

Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova será desativado até esta sexta

Com mais de 480 altas contabilizadas, o Hospital de Campanha instalado pelo Estado na Arena Fonte Nova será desativado

Read More...

Bahia tem saldo de 9.420 empregos em agosto, melhor resultado do ano

A Bahia registou saldo positivo de 9.420 postos de trabalho no último mês de agosto. O crescimento foi resultado

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu