Obra de requalificação da Rua Chile prevê rebaixamento da rede elétrica e pavimentação em paralelepípedo – Bahia Press

Obra de requalificação da Rua Chile prevê rebaixamento da rede elétrica e pavimentação em paralelepípedo

In Cidade On

A primeira rua do Brasil, localizada no Centro Histórico de Salvador, a Rua Chile passará por intervenções que irão deixar o local totalmente repaginado. Nesta sexta-feira (11), o gestor da Diretoria do Centro Antigo de Salvador da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Dircas/Conder), Maurício Mathias, se reuniu com o diretor do Hotel Fera Palace, Paulo Marques, para discutir o impacto e cronograma da obra.

Segundo o gestor da Dircas, a expectativa é de que a obra seja iniciada em breve e deve durar quatro meses. “Hoje viemos alinhar o cronograma executivo da obra e articular ações que minimizem o impacto para os comerciantes e o principal empreendimento instalado na Rua Chile, que é o Hotel Fera Palace. A partir dessa obra, viabilizamos a implantação de uma infraestutura que até então não existia e retiramos a poluição visual dos imóveis tombados dessa região”, esclarece.

O trecho de 500 metros da rua Chile passará por serviços que incluem vala única, que consiste no rebaixamento da rede elétrica, de iluminação e de telecomunicações, com isso toda a fiação passará a ser subterrânea. Também está incluso a implantação da rede de gás. Além disso, a pavimentação da Rua Chile voltará a ser em paralelepípedo.

Para o início das obras, a Conder aguardava a aprovação do projeto de arqueologia para o rebaixamento da fiação encaminhado ao Iphan ( Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), já que a área é tombada pelo órgão. A Conder foi notificada da autorização no último dia 4 de maio. As obras no local fazem parte das ações do Governo do Estado por meio do projeto “Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador”, que entre as ações prevê a pavimentação de vias e requalificação de calçadas com melhorias na acessibilidade.

A intervenção na Rua Chile faz parte do lote 2 do projeto, que inclui além da área do Centro Histórico, os bairros do Dois de Julho, Nazaré e Politeama. Nesta etapa serão investidos R$ 42,9 milhões na recuperação de 89 vias. O investimento total na recuperação das ruas do Centro Antigo da capital baiana é de R$ 124 milhões e contempla mais de 270 vias.

O diretor do Fera Palace afirma que a obra representa um novo momento para a região do Centro Histórico. “Realizamos um investimento de R$ 60 milhões na Rua Chile, a partir da abertura do hotel, para reavivar um prédio icônico de 1934. Essas intervenções representam uma contrapartida do governo do estado para completar a revitalização que defendemos. É uma obra fundamental para que possamos oferecer mais conforto e comodidade para nossos hóspedes, além de que toda a cidade ganha com esse investimento”, ressalta Paulo Marques.

As obras de requalificação já foram iniciadas na Visconde de Itaparica, Ruy Barbosa, Vassouras, Tesouro e Curriachito e mais dez ruas que ficam no entorno da Rua Chile também contarão com o serviço. Ao todo, 18 ruas que estão em área tombada devido ao alto valor histórico e cultural, e reconhecidas pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, serão beneficiadas.

You may also read!

Juiz que substitui Moro, manda prender José Dirceu

A juíza federal substituta Gabriela Hardt determinou nesta quinta-feira (17) a prisão do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (PT). A magistrada, que

Read More...

Campus Party Bahia recebe I Fórum Brasileiro de startups

A primeira edição do Fórum Brasileiro de Startups, que acontece nos dias 18 e 19 de maio, vai reunir

Read More...

Brasil vai perder a Copa do Mundo, diz astrólogo do prefeito ACM Neto por Jolivaldo Freitas

Quando da sua consulta ao astrólogo que o fez desistir de concorrer à eleição (lembrando que o prefeito ACM

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu