Chile promove duas etapas da WSL South America em maio – Bahia Press

Chile promove duas etapas da WSL South America em maio

In Esporte On
- Updated

O Chile vai sediar duas etapas seguidas do WSL Qualifying Series 2018 promovidas pela WSL South America neste mês de maio. A primeira delas marca a volta de Iquique ao calendário mundial após 25 anos, com o “Heroes de Mayo Iquique Pro”, evento com status QS 1500 para homens e mulheres nos dias 21 a 26 nas praias El Colegio e La Punta. E na semana seguinte, de 29 de maio a 03 de junho, acontece o já tradicional QS 3000 Maui and Sons Arica Pro Tour, só para os homens competirem na perigosa onda de El Gringo, em Ex Isla Alacrán.

El Colegio em Iquique. Foto: Nicolas Carvajal.
El Colegio em Iquique. Foto: Nicolas Carvajal.

Chile promove duas etapas da WSL South America em maio

Esta será a nona edição do Desafio de Arica, que estreou no calendário do WSL Qualifying Series em 2009. A história começou com uma final peruana, que foi repetida no ano passado. Alvaro Malpartida participou das duas decisões e também na de 2013, quando conquistou o título de campeão nos tubos de El Gringo. Mas, perdeu o primeiro para Gabriel Villaran e o de 2017 para Tomas Tudela, quando tentava um inédito bicampeonato no Maui and Sons Arica Pro Tour.

Tomas Tudela é um dos mais de 100 surfistas de vários países que já confirmaram participação no evento, que prossegue com as inscrições abertas no sistema online da WSL South America – www.wslsouthamerica.com – tanto para o Maui and Sons Arica Pro Tour, como para o Heroes de Mayo Iquique Pro. O desafio nos tubos de El Gringo tem status QS 3000 e a vitória vale 3.000 pontos para o ranking mundial do WSL Qualifying Series, com o campeão também marcando 1.000 pontos na disputa pelo título sul-americano da WSL South America.

Em Iquique, as etapas masculina e feminina têm nível QS 1500 e os vencedores do Heroes de Mayo Iquique Pro recebem 1.500 pontos para computar no WSL Qualifying Series, além de 1.000 pontos também para o ranking sul-americano da WSL South America. A volta de Iquique ao Circuito Mundial após 25 anos da única etapa disputada na cidade em 1993, vai comemorar o trigésimo aniversário do “Heroes de Mayo”, o campeonato de surfe mais antigo do Chile, que sempre recebia os melhores surfistas da América do Sul na década de 90.

Iquique foi a primeira cidade do Chile a sediar um evento da World Surf League. Naquele Mormaii Iquique Pro de 1993, duas estrelas do Brasil na época, Fabio Gouveia e Teco Padaratz, decidiram o título num mar épico na praia El Colegio, a mesma que será utilizada como palco principal da competição masculina esse ano. Mas, o campeão foi outro brasileiro, Tadeu Pereira, com Teco ficando em segundo lugar, o peruano Magoo De La Rosa em terceiro e Fabio Gouveia em quarto. A etapa feminina do Heroes de Mayo Iquique Pro será disputada nas ondas de La Punta e os dois eventos acontecem na mesma semana de 21 a 26 de maio.

Guga Dvorquez (CHL) em El Colegio. Foto: Nicolas Carvajal.
Guga Dvorquez (CHL) em El Colegio. Foto: Nicolas Carvajal.

Sul-americano

A WSL South America já realizou duas etapas do WSL Qualifying Series esse ano, valendo pontos também para o ranking que define os campeões sul-americanos da temporada. Este título regional ganhou importância depois que a World Surf League passou a premiar os campeões com a garantia de participação nas provas mais importantes do WSL Qualifying Series, com status QS 6000 e QS 10000, que praticamente definem os classificados para a elite que disputa o título mundial no World Surf League Championship Tour.

A temporada sul-americana de 2018 começou no Peru e a segunda etapa rolou na Argentina. A equatoriana Dominic Barona ganhou as duas e lidera o ranking da WSL South America com 100% de aproveitamento. Entre os homens, o peruano Alonso Correa largou na frente com vitória em casa na Copa Triathlon Reef Pro em San Bartolo, mas o brasileiro Wesley Santos assumiu a ponta do ranking com o título conquistado no Rip Curl Pro Argentina em Mar del Plata. A batalha pelo troféu de campeão sul-americano que o brasileiro Thiago Camarão ganhou em 2017, vai continuar agora nas duas etapas do Chile no mês de maio.

Alvaro Malpartida (PER) em El Gringo. Foto: Pablo Jimenez.
Alvaro Malpartida (PER) em El Gringo. Foto: Pablo Jimenez.

O QS 1500 Heroes de Mayo Iquique Pro e o QS 3000 Maui and Sons Arica Pro Tour serão transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com.

CAMPEÕES DAS ETAPAS DO WSL QUALIFYING SERIES EM ARICA NO CHILE:

2017: Tomas Tudela (PER) no QS 3000 Maui and Sons Arica Pro – 2.o-Alvaro Malpartida (PER)

2016: William Aliotti (FRA) no QS 1500 Maui and Sons Arica Pro Tour – 2.o-Dean Bowen (AUS)

2015: finais do QS 1500 Maui and Sons Arica World Star canceladas pelo mar “stormy”

2014: Jessé Mendes (BRA) no 3-Star Maui and Sons Arica World Star – 2.o-Marco Giorgi (URU)

2013: Alvaro Malpartida (PER) no 3-Star Maui and Sons World Star – 2.o-Anthony Walsh (AUS)

2012: Anthony Walsh (AUS) no 3-Star Maui and Sons Arica World Star – 2.o-Eala Stewart (HAV)

2011: Guillermo Satt (CHL) no 3-Star Arica World Star Tour – 2.o-Camilo Hernandez (CHL)

2009: Gabriel Villarán (PER) no 3-Star Rusty Arica Pro Challenge – 2.o-Alvaro Malpartida (PER)

You may also read!

Juiz que substitui Moro, manda prender José Dirceu

A juíza federal substituta Gabriela Hardt determinou nesta quinta-feira (17) a prisão do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (PT). A magistrada, que

Read More...

Campus Party Bahia recebe I Fórum Brasileiro de startups

A primeira edição do Fórum Brasileiro de Startups, que acontece nos dias 18 e 19 de maio, vai reunir

Read More...

Brasil vai perder a Copa do Mundo, diz astrólogo do prefeito ACM Neto por Jolivaldo Freitas

Quando da sua consulta ao astrólogo que o fez desistir de concorrer à eleição (lembrando que o prefeito ACM

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu