Senado aprova projeto que obriga divulgação de cirurgias eletivas

In Brasil On

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal aprovou, em caráter terminativo, projeto que obriga os governos estaduais, municipais e do Distrito Federal a divulgarem na internet as listas de pacientes aguardando cirurgias eletivas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O texto segue agora para a análise da Câmara dos Deputados.

De acordo com o projeto, a listagem na internet omitirá o nome dos pacientes – por uma questão de privacidade –, mas poderá ser consultada via documento de identidade ou pelo registro do Cartão Nacional de Saúde. A divulgação será feita por especialidade clínica, conforme prevê a proposta, apresentada pelo senador José Antônio Reguffe (sem partido-DF).

Os procedimentos eletivos são todos aqueles não enquadrados como de urgência ou emergência. “A aprovação do projeto dará mais transparência ao processo e ajudará na pressão social para acelerar a realização das cirurgias”, explica Reguffe.

Em dezembro, o Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou levantamento apontando que pelo menos 904 mil cirurgias eletivas estavam pendentes no SUS, em todo o país. O estudo revelou que, do total, ao menos 746 procedimentos estavam na fila de espera havia mais de 10 anos, e 83% dos pedidos foram apresentados a partir de 2016.

You may also read!

Felipe Neto será convidado pela CPMI da Fake News

O youtuber Felipe Neto publicou um novo vídeo em seu canal nesta quinta-feira (dia 12),  esclarecendo mais uma onda

Read More...

Rui Costa vê possibilidade de disputar presidência em 2022

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), assumiu pela primeira vez a possibilidade de se candidatar à Presidência da

Read More...

Praça do Tamarineiro é reinaugurada na Barra

A região do Jardim Brasil vai ser requalificada. O anúncio foi feito pelo secretário de Infraestrutura e Obras Públicas

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu