PF não pediu prisão dos amigos de Temer

In Brasil On
- Updated

A decisão do ministro Luís Roberto Barroso autorizadora da Operação Skala, deflagrada nesta quinta-feira, 29, revela que a Polícia Federal não chegou a pedir a prisão temporária de investigados, mas, sim, que essas solicitações partiram da Procuradoria-Geral da República. O que a PF pediu, segundo Barroso, foram intimações simultâneas para prestação de depoimento, como alternativa à condução coercitiva.

Já a PGR, ao se manifestar sobre os pedidos da PF, apontou necessidade de prisões temporárias. “Instada a se manifestar, a Procuradoria-Geral da República corroborou as razões apresentadas pela Policia Federal e requereu, em lugar das pleiteadas (pedidas) intimações simultâneas, subsidiárias de condução coercitiva, a decretação da prisão temporária dos investigados”, diz Barroso, citando os 13 alvos desta medida.

O ministro pontuou que a PGR não pediu a prisão temporária das quatro pessoas que são alvo de intimação para depor.

You may also read!

Dew Tour valerá como qualificatória para as Olimpíadas

A próxima edição do tradicional Dew Tour, que acontecerá entre os dias 13 e 16 de junho na Califórnia, vai

Read More...

Aluguel de energia solar chega a Bahia e possibilita descontos na conta de luz

A conta de luz tem pesado cada vez mais no bolso do brasileiro e a variação do valor da

Read More...

Universidade Para Todos oferece 11,5 mil vagas em pré-vestibular gratuito

Os baianos que desejam ingressar em um curso de nível superior podem contar com um reforço extra das aulas

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu