A Tempestade Continua – Bahia Press

A Tempestade Continua

In Bahia On
- Updated

Por: Fabricio Faunning

(foto: Ana Catarina Teles)

A Vans World Cup of Surfing fechou o WQS Qualifying Series 2017 neste sábado no Havaí, com o Brasil conquistando seis das dez vagas para a elite dos top-34 que vai disputar o título mundial de 2018 no Championship Tour.

A bateria teve a liderança de Colapinto e  Wade Carmichael, o primeiro  atacou uma onda com seu  agressivo para ganhar 9,57 dos juízes. Mas, Carmichael liderou desde o início com as notas 6,17 e 8,23 das suas duas primeiras ondas. O brasileiro Wiggolly Dantas só conseguiu surfar nos 10 minutos finais, mas em ondas que só proporcionavam uma ou duas manobras antes de fechar. Ele perdeu o tempo para uma reação e  terminou em terceiro lugar na disputa pelas duas primeiras vagas na grande final.

No ano de divisão dos circuitos, em 1992, tivemos 11 surfistas entre os 44 melhores e hoje, poderemos ter também 11, só que entre os 32.

Classificamos 5 pela divisão de acesso. Jessé, Panda, Yago, Ítalo e Thomas. Sendo que Michael ainda tem grandes chances se Kanoa ou Ítalo se classificarem pelo CT. Circuito onde já estão garantidos Medina, Mineiro, Filipe e Caio.
Wigolly, Pupo e Ítalo tem grandes chances de classificação c um resultado razoável em Pipe.

Infelizmente perdemos Ian essa na minha opinião foi  a maior perda. Outro que também deixa 0 CT foo guerreiro e sempre animado Jadson.

SELEÇÃO BRASILEIRA – O cearense é a quinta novidade na “seleção brasileira” do CT no ano que vem. Os outros que também nunca fizeram parte do seleto grupo dos 34 melhores surfistas do mundo e vão estrear na divisão principal da World Surf League em 2018 são o paulista Jessé Mendes e os catarinenses Tomas Hermes, Yago Dora e Willian Cardoso. O potiguar Italo Ferreira já era da elite e confirmou sua permanência entre os dez indicados pelo QS no sábado também em Sunset Beach.

Em 2018, o Brasil estará reforçado por um surfista a mais do que os nove deste ano, pois quatro estão entre os 22 primeiros do CT que são mantidos na elite dos top-34, os campeões mundiais Gabriel Medina e Adriano de Souza, Filipe Toledo e Caio Ibelli. E este número pode até aumentar, caso Miguel Pupo e Wiggolly Dantas consigam entrar no G-22 do CT no Billabong Pipe Masters, que começa nesta sexta-feira, 8 de dezembro. Pupo está em 23.o no ranking e Wiggolly é o 24.o, seguido por Italo Ferreira em 25.o. Se o potiguar se classificar pelo CT, sua vaga no QS fica para o americano Patrick Gudauskas.

Para Pipeline ainda temos Wiggoly disputando o título da triplice coroa e Gabriel Medina que disputa o bi-campeonato mundia do WCTl.

A tempestade contínua mostrando sua força!
@faunning

*Com informações de João Carvalho da WSL South América

You may also read!

ACS realiza segunda etapa do circuito Backfish

Back Fish apresenta segunda etapa do Circuito Baiano de Surf Amador, que acontece nos dias 11 e 12 de

Read More...

Kanário “sai na mão” com líder comunitário

O pré-candidato a deputado,e vereador de Salvador,Igor Kannário (PHS), conhecido também como “príncipe do Gueto pela sua “militância” no

Read More...

Segunda Turma do STF manda libertar José Dirceu

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu conceder uma liminar em um habeas corpus pedido pelo ex-ministro-chefe

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu