A Tempestade Continua – Bahia Press

A Tempestade Continua

In Bahia On
- Updated

Por: Fabricio Faunning

(foto: Ana Catarina Teles)

A Vans World Cup of Surfing fechou o WQS Qualifying Series 2017 neste sábado no Havaí, com o Brasil conquistando seis das dez vagas para a elite dos top-34 que vai disputar o título mundial de 2018 no Championship Tour.

A bateria teve a liderança de Colapinto e  Wade Carmichael, o primeiro  atacou uma onda com seu  agressivo para ganhar 9,57 dos juízes. Mas, Carmichael liderou desde o início com as notas 6,17 e 8,23 das suas duas primeiras ondas. O brasileiro Wiggolly Dantas só conseguiu surfar nos 10 minutos finais, mas em ondas que só proporcionavam uma ou duas manobras antes de fechar. Ele perdeu o tempo para uma reação e  terminou em terceiro lugar na disputa pelas duas primeiras vagas na grande final.

No ano de divisão dos circuitos, em 1992, tivemos 11 surfistas entre os 44 melhores e hoje, poderemos ter também 11, só que entre os 32.

Classificamos 5 pela divisão de acesso. Jessé, Panda, Yago, Ítalo e Thomas. Sendo que Michael ainda tem grandes chances se Kanoa ou Ítalo se classificarem pelo CT. Circuito onde já estão garantidos Medina, Mineiro, Filipe e Caio.
Wigolly, Pupo e Ítalo tem grandes chances de classificação c um resultado razoável em Pipe.

Infelizmente perdemos Ian essa na minha opinião foi  a maior perda. Outro que também deixa 0 CT foo guerreiro e sempre animado Jadson.

SELEÇÃO BRASILEIRA – O cearense é a quinta novidade na “seleção brasileira” do CT no ano que vem. Os outros que também nunca fizeram parte do seleto grupo dos 34 melhores surfistas do mundo e vão estrear na divisão principal da World Surf League em 2018 são o paulista Jessé Mendes e os catarinenses Tomas Hermes, Yago Dora e Willian Cardoso. O potiguar Italo Ferreira já era da elite e confirmou sua permanência entre os dez indicados pelo QS no sábado também em Sunset Beach.

Em 2018, o Brasil estará reforçado por um surfista a mais do que os nove deste ano, pois quatro estão entre os 22 primeiros do CT que são mantidos na elite dos top-34, os campeões mundiais Gabriel Medina e Adriano de Souza, Filipe Toledo e Caio Ibelli. E este número pode até aumentar, caso Miguel Pupo e Wiggolly Dantas consigam entrar no G-22 do CT no Billabong Pipe Masters, que começa nesta sexta-feira, 8 de dezembro. Pupo está em 23.o no ranking e Wiggolly é o 24.o, seguido por Italo Ferreira em 25.o. Se o potiguar se classificar pelo CT, sua vaga no QS fica para o americano Patrick Gudauskas.

Para Pipeline ainda temos Wiggoly disputando o título da triplice coroa e Gabriel Medina que disputa o bi-campeonato mundia do WCTl.

A tempestade contínua mostrando sua força!
@faunning

*Com informações de João Carvalho da WSL South América

You may also read!

Ações repressivas de inteligência são á melhor forma de combater o crime organizado

Ações repressivas e de inteligência das polícias Militar e Civil garantiram redução de 26,2% dos roubos a banco, na

Read More...

Incêndio destrói Museu Nacional no Rio de Janeiro

Um incêndio de grandes proporções atingiu o Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, na

Read More...

Presidente da CCJ diz que regulamentação do UBER em Salcvador não será vorado sem ampla discussão

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Vereadores de Salvador, Paulo Magalhães Jr. (PV) se

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu